Jornalismo

Profissão Repórter 31-08-2016: A vida e as casas de acumuladores

No programa Profissão Repórter que vai ao ar nesta quarta-feira, dia 31-08-2016, você vai conhecer a empregada doméstica Idalece Reis que ficou sozinha em um apartamento de 140 metros quadrados depois que a patroa morreu. Com o passar dos anos, todos os cômodos ficaram lotados de coleções de brinquedos, roupas, relógios, instrumentos musicais e muitas outras coisas mais. O repórter Caco Barcellos acompanhou a vida de Idalece, que gasta a aposentadoria em brechós e bazares de São Paulo.

O departamento de psicologia da PUC do Rio Grande do Sul estuda o comportamento de 30 acumuladores de animais. O repórter Guilherme Belarmino entrou na casa de duas destas pessoas. Nossa equipe encontrou seu Ádio Nunes, de 84 anos, com o braço enfaixado. Ele foi mordido quando tentava separar uma briga de cachorros. São mais de 70 animais no quintal dele.

A repórter Eliane Scardovelli conheceu pessoas que têm compulsão por juntar objetos velhos que deveriam ir para o lixo. O transtorno de acumulação é mais comum em mulheres idosas, como dona Benedita que mora no Guarujá, litoral de São Paulo. Da bolsa velha, ela diz que dá para aproveitar o zíper. A ripa de madeira lixada pode virar cabo de martelo e assim ela vai acumulando diariamente.

Em Guarulhos, cidade da grande São Paulo, a equipe do Profissão Repórter entrou na casa de um homem que morreu ao lado do lixo acumulado dentro de casa. Em três dias de trabalho, a prefeitura retirou 30 caminhões de entulhos da casa de seu William Ferreira, morto aos 76 anos. “Ele trocava os filhos pelas madeiras, pelo entulho, infelizmente”, disse uma das filhas, que saiu de casa porque não conseguia mais conviver com o lixo acumulado pelo pai.

O Profissão Repórter vai ao ar logo depois do Futebol.

Não encontrou o que estava procurando? Não se preocupe, utilize nossas indicações abaixo ou nosso buscador para encontrar ví­deos, posts e muito mais no Portal S4. Faça sua pesquisa!
loading...
Inscreva-se em nosso canal no Youtube!

Sobre o autor

Marina Heringer

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: